domingo, julho 18, 2004

Começa agora

Maquinário está entrando no ar nesse instante.
Longe de ser um crítico musical, deixarei aqui apenas minhas impressões sobre os discos, os álbuns e músicas que, de alguma maneira, aparecem no meu rádio.

Para começar, Maquinário indica:

The Beatles - Revolver (1966)

Lançado em 1966, Revolver está entre Rubber Soul (1965) e Sgt. Peppers (1967), mostrando a transformação sonora pela qual estavam passando os garotos de Liverpool. Deixando para trás os arranjos e as letras mais simples, nesse disco a banda se busca um maior experimentalismo, seja através das influências indianas de George ou através rock mais direto e cru de Lennon. É a partir daqui que a "beatlemanía" (fãs histéricas e afins) começa a desaparecer. Os Beatles haviam amadurecido, e agora começavam a representar toda uma geração.

Foi durante o lançamento desse disco que John lennon fez aquela declaração mundialmente conhecida, dizendo que os Beatles eram mais famosos do que Cristo. Sendo impossível repetir nos palcos o que era produzido em estúdio, a banda pára de fazer shows.

Após Revolver, a banda entre em estúdio e decide fazer um disco diferente de qualquer coisa que já havia sido lançada. Nasce "Sgt. Peppers Lonely hearts Club Band", mas essa já é uma outra história.

Obs.: Todas as faixas são boas nesse disco, por isso não dá para indicar as melhores músicas. Ouça o disco inteiro.